Palestra: “Condições de Chuvas para 2013 no Seridó Potiguar”

por jrd publicado 06/03/2013 08h15, última modificação 22/05/2016 11h07

Na ultima sexta-feira (1º) em Jardim do Seridó, o meteorologista da EMPARN, Gilmar Bristot revelou aos presentes que as chuvas na região Seridó deverão ficar abaixo da média e não promoverão a renovação ou melhorarão as condições de reservas hídricas nos açudes na região. “No geral teremos uma média entre 400 ou 450 mm, o que já seria muito bom diante da situação prevista”, afirmou.

O meteorologista disse que teremos um ano de dificuldades, alguns momentos bons de chuvas e outros momentos com pouca chuva. Ele aproveitou a oportunidade para dar alguns conselhos aos presentes, sobre como devemos se comportar de agora por diante. “As pessoas devem utilizar a água com bastante cautela. A água deve ser bem aproveitada na agricultura e para fazer reserva de forragem para o gado”, alertou.

Gilmar Bristot ainda chamou a atenção das autoridades e do público presente ao informar que estamos saindo de um ano de seca e uma previsão de chuva abaixo do normal pode assustar. “Caso não ocorra chuva nos próximos dias, como está previsto, entraremos no dilema da água para o consumo humano, por isso, desde já a classe política do Estado deve buscar alternativas eficazes para enfrentar esse problema”, declarou.

Em tempo: Em 2012 choveu em Jardim do Seridó 197,20mm. Já em 2013, segundo dados da EMPARN choveu até o momento 15,5 mm. “O pluviômetro utilizado pela EMPARN é diferente do usado por populares e esse é o dado oficial que a empresa tem”, disse Bristot. A média de chuva em Jardim do Seridó nos últimos doze anos foi de 600mm.